Arquivo da categoria: Tribos – Conselhos&Dicas

Activar Chat do jogo

Boa tarde comunidade

Esta dica serve para ativar o chat no jogo.

Muitas vezes esta funcionalidade não parece no jogo e para isso, é preciso passar por um processo simples e rápido para o ativar.

Vá a Configurações e escolha opções de jogo:

Depois na secção Configurações Gerais basta andar com a página para baixo um pouco e irá encontrar isto:

Ativam e depois guardem as alterações.

Depois disso irão reparar que no canto inferior direito irá aparecer da seguinte forma o chat:

 

Bullmaster

Atalhos do teclado

Em 2014 chega-nos uma atualização que veio mudar a forma como navegamos pelo jogo: os Atalhos de teclado!

Para quem não sabe quais são, basta clicar Shift + H para poder ver todos os atalhos disponíveis.

Se não tiveres Conta premium, irá aparecer a seguinte janela:

Não é necessário andar com o Rato pelo ecrã á procura disto e daquilo, existem várias coisas que podes fazer á distancia de umas quantas teclas:

– Ver o mapa – M

– Voltar á aldeia – V

– Andar para cima e para baixo nos relatórios –  W/S

– Viajar pelo mapa usando as setas.

E depois vem a versão para quem usa CP:

Aqui podes mudar de aldeias usando apenas A e D e ganhas mais 10 atalhos personalizáveis na tua barra de acesso rápido! Para os usar basta ires às configurações da tua barra em Configurações -> Barra de acesso rápido e adicionar nova entrada.

Depois de colocares lá o que queres, clicas em » Atribuir e selecionas o numero que queres.

Gravas e no fim volta a clicar em Shift + H e terás todos os atalhos que definiste.

Kaioh

Contar o Apoio a Chegar!

Boa noite comunidade tribal,

A dica que temos para vós esta semana é de contar o apoio a chegar.

Sabem quando estamos a receber um coordenado do inimigo, pedimos uns quantos apoios à tribo, eles mandam, mas, não sabemos se é suficiente e queremos saber quanto é que a aldeia está a receber de apoio no total.

Às vezes até fazemos umas contas de cabeça para ver mais ou menos quanto a aldeia está a receber para vermos se está ou não está “bunk”.

Ora esta dica bem simples de se fazer irá mostrar-vos uma maneira mais fácil de vermos quanto a aldeia está a receber sem puxarmos pelo nosso cérebro.

Bem primeiramente escolhemos a aldeia que está a ser apoiada:

>> Depois vamos à Praça de Reuniões

>> Uma vez na Praça de Reuniões, vamos onde diz “Pedido”

Uma vez na aba Pedido, iremos saber a quantidade total de apoio que estamos a receber a ainda podemos pedir apoio as nossas próprias aldeias, ou seja, seleccionamos aldeias para mandarem apoio e depois clicamos em Pedir e as aldeias seleccionadas já estão a enviar apoio para a aldeia a ser atacada.

Depois é só fazer o mesmo para as outras aldeias na fronteira com o inimigo a serem atacadas.

 

ekimilson

Co-playing? Todas as explicações

Vamos começar por esclarecer o que é o co-playing: Co-playing é uma abreviação de “co-operative play“, que significa jogo em cooperação.

O que quer isto dizer? Quer dizer que algumas pessoas se juntam, na mesma conta, para trabalhar em conjunto, maximizando o tempo de actividade dessa conta.

Como funciona? Começamos por recordar que, em primeiro lugar, o co-playing é algo sério, que deve ser declarado com alguém em quem possam confiar. Trata-se de duas ou três pessoas (máximo), a jogar na mesma conta, a partir de partilha de palavra-chave.

Então, mas não é proibido partilhar a nossa palavra-chave? Sim, é. Excepto aqui, neste caso específico.

Posso convidar o meu amigo para jogar comigo? Podes convidar sim, mas tem atenção que existem várias restrições ao co-playing. Antes de revelares a palavra-chave a alguém, deves começar por declarar ao suporte, via solicitação de suporte, que irás jogar em modo co-playing. Lá terás de responder a algumas perguntas e declarar que tomaste conhecimento das restrições do co-playing e que concordas com as mesmas.

Então e quais são as restrições? Para começar, só pode haver uma conta no mundo onde irão jogar, se vais jogar numa conta com o teu amigo, nem tu nem o teu amigo podem ter outras contas no mesmo mundo, mas, nada vos impede de jogarem noutros mundos, com outras contas.
A conta onde se declara co-playing só pode estar no mundo em questão.
A partir do momento em que se declara co-playing, não se pode ser substituído (sitting) por ninguém, mas pode-se substituir outras contas.
Não é possível declarar o co-playing se a conta tiver começado a jogar no mundo há menos de 30 dias.
Não se pode declarar co-playing em mundos clássicos, casuais e speeds.
Não se pode declarar co-playing se, nos 15 dias anteriores ao pedido de aprovação, tiver havido algum tipo de partilha de equipamento ou meio de ligação, ou seja, não pode ser substituído, nem aceder na casa dum amigo que também jogue, ou, no ponto de encontro de ambos, no café da esquina. As redes da universidade ou do local de trabalho são também ligações públicas, o que significa que, mesmo acedendo a partir de pontos diferentes, a rede é apenas uma, logo, o IP será o mesmo e existe sempre o risco de partilhar a ligação com outros jogadores. Quem tem ainda maior probabilidade de partilhar a ligação com terceiros, são os jogadores que acedem através dos dados móveis, as operadoras gostam bastante de atribuir o mesmo IP a muita gente.

Como devo declarar? Deves começar por abrir as solicitações de suporte e criar um novo ticket, na categoria de “Outros” e no mundo que pretendes, no assunto deves colocar um título directo que não deixe dúvidas sobre o que pretendes (algo como “Declarar co-playing“) e na mensagem deves expressar a tua intenção.
Para quem já declarou antes, fica a dica, não vale a pena quererem apressar o processo dando logo as respostas. Porquê? Porque vamos olhar para a declaração de co-playing como um novo contrato com a empresa, não podes chegar e assinar antes dos termos serem apresentados. Nem vale a pena reclamar que já sabem tudo e que basta aceitar e pronto, para ser realmente legal tem de haver realmente uma declaração em como aceita as condições.
Posto isto, declaras então que queres jogar em co-playing e receberás uma mensagem com as regras de co-playing e com alguns dados a indicar para poder aprovar o pedido. Após a resposta a estas perguntas, o suporte irá verificar se as contas envolvidas estão todas conforme as regras e, se estiver tudo bem, o co-playing será finalmente aprovado.

Que dados são esses? Apenas o estritamente necessário para jogar, nada que invada a privacidade do jogador. A conta que fica para jogar, os jogadores que vão jogar e quais as contas que todos os jogadores estão a usar noutros mundos.

Co-playing declarado, e agora? Agora é jogar, não esquecendo as regras, principalmente que não podem ter outras contas no mesmo mundo e que não podem ser substituídos ou partilhar a ligação com outros jogadores.
Não se esqueçam também que, a titularidade da conta, independentemente de quem tenha comprado pontos premium a partir da mesma, será sempre atribuída ao proprietário original, que tenha acesso ao e-mail de registo.
Ainda, em caso de infracção, independentemente de qual dos co-players a tenha cometido, o bloqueio é sempre aplicado à conta infractora, quer o culpado tenha sido o dono original ou um dos outros co-players. Portanto, certifiquem-se de que estão a jogar com pessoas de confiança, que querem tanto quanto vocês jogar até ao final do mundo sem problemas.

Gráficos Clássicos!

Caros companheiros tribais,

A dica, desta semana, que temos para vocês, é sobre uma opção que temos para alterar o aspecto do mapa.

O Tribos disponibiliza uma opção que tem como objetivo a troca do visual do mapa para um design mais clássico.

Queres saber como o podes fazer? Então vamos lá!

Configurações >> Opções do jogo >>

image

 

Puxa agora a página mais para baixo até “Configurações do mapa” e encontrarás o seguinte:

image (1)

Feito isto, é só selecionar a caixa “Aldeia e gráficos de mapa clássicos” e o resultado será o seguinte:

image (2)

Deste modo, temos um mapa completamente diferente e com visualização clássica.

 

 

 

Renomear Ataques a Chegar!

Bom dia a toda a comunidade tribal,

Hoje temos uma dica, bastante boa, que tem como objetivo renomear ataques a chegar.

É muito simples de efetuar e consiste no seguinte:

1) Entrar na lista de ataques a chegar encontrada no canto superior direito:

1

2) Os ataques a chegar irão mostrar-se da seguinte forma:

2

3) Para verificar qual o tipo da unidade mais lenta que vem nos ataques, selecionam-se todos os ataques em “Selecionar Tudo” e, de seguida, novo clique em “Etiqueta”.

O resultado final será o seguinte:

3

No caso de receberem mais ataques depois de alguns já terem sido renomeados, o facto de “selecionar tudo” novamente não vai interferir nos que já foram previamente renomeados.

Desta forma, o jogador que se defende consegue organizar-se mais eficazmente nas suas manobras de proteção tendo uma noção clara do tipo de unidade que vem a caminho das suas aldeias.

diogorocha18 e MárioC

Ignorar ataques a chegar!

Boa tarde Comunidade tribal,

A dica que temos para vocês desta semana é sobre ignorar ataques.

Sabias que tem uma opção em que quando ativada, tens a opção de puder ignorar ataques a chegar? Pois é isso mesmo, basta só ires a:

Configurações >> Opções do jogo >>1

E seleccionar a caixinha de Ignorar Tropas a Chegar:2

Feito isto, quando fores aos ataques a chegar, terás novos separadores,3

Logo se tiveres ajuda da torre de vigia, ou caso queiras apenas concentrar-te nos ataques que recebes no próprio dia, não no dia seguinte, basta criar os filtros ou seleccionar os comandos e clicar em Ignorar, que eles desaparecerão da lista de ataques, 4

Depois sempre que quiseres consultar os ataques ignorados, basta seleccionares o separador de ataques ignorados,5

Desta forma focas-te apenas nos ataques laranjas, vermelhos e nos nobres!!

Ekimilson

Capitulo 2º – Prioridades e objetivos

Prioridades e objetivos

Antes de se atirarem de cabeça num mundo, assim como em tudo na vida, devem tirar algum tempo para definir as vossas prioridades, os vossos objetivos a curto prazo e a longo prazo. Trazendo esse pensamento para o vosso consciente permite-vos ter sempre uma direção para seguir e uma referência tangível, (uma memória, mesmo que não tomem nota) para ajudar-vos a decidir as próximas ações em vez destas serem determinadas pelo vosso estado de espirito.

Ao fazerem isso serão capazes de trabalhar o vosso caminho ao contrário, quais os passos a percorrer e apurar o “como”.

Deixamos aqui uma demonstração, no entanto poderão faze-lo de forma diferente.

Prioridades:

1.        Trabalhar como uma tribo

2.        Jogar competitivamente

Objetivos a curto prazo:

1.        Foco no ataque

2.        Chegar á fase de conquista com o maior número de tropas possível

3.        Conquistar um alvo muito bom

Objetivos a longo prazo:

1.        Dividir em núcleos densos. Um dentro das linhas da tribo e um em cada frente onde são esperadas as futuras guerras.

Agora que definiram objetivos e prioridades vamos retroceder e analisar o que temos que fazer para os alcançar.

Prioridades:

1.        Manter contato próximo com a tribo em todos os momentos. Trabalhar em conjunto num espirito de entreajuda. O que significa:

 A)          Uma vez que é possível provocar danos nas aldeias (enviando arietes/catapultas), devemos construir uma defesa mínima, para que possamos apoiar elementos da tribo que estejam sob ataque e sermos capazes de segurar a nossa própria aldeia (e não sugar a nossa tribo) quando estamos sob ataque.

B)           Entrem em contato com os colegas da tribo que estejam perto e garantam que não se estão a prejudicar um ao outro com o vosso crescimento e façam questão de informar que estão disponíveis para ajudar.

C)           Perto da fase de conquistas, podem planear para que construam a academia ao mesmo tempo e ajudem-se ou limpando aldeias ou a conquistar (com co-noble train), permitindo assim conquistarem alvos melhores.

2.        Para jogar competitivamente têm que se manter muito ativos. Têm que ser eficientes fazendo o que quer que seja e manterem se focados em evoluir em todos os aspetos da forma mais rápida que conseguirem.

A)           Devem considerar apenas o que planearam fazer e joguem menos por impulso.

B)           Devem preservar as vossas tropas para que possam ter um maior retorno no saque (farm) e serem capazes de limpar alvos com menos perdas possíveis.

C)           Devem manter sob controlo a concorrência e garantirem que não estão sob ameaça.

 

Objetivos a curto prazo:

1.        Para além do mínimo de tropas de defesa que recrutaram para a defesa da tribo, devem-se focar nas tropas ofensivas.

2.        Devem ter cuidado com o que ou quem atacam.

A)           Não devem limpar aldeias sem nenhuma razão.

B)           Devem preservar as vossas tropas.

C)           Se/Quando conseguirem manter as filas de construção ativas, devem evoluir estábulos/quarteis para aumentar a velocidade de produção.

3.        Devem estar atentos a vossa área e ajustar-vos à mesma.

A)           Devem considerar à medida que vão jogando, a vossa concorrência, e quando agir contra eles. (se estes forem os vossos primeiros alvos)

B)           Não devem jogar muito agressivamente para que algumas aldeias se possam tornar potenciais alvos.

C)           Podem trabalhar com os membros da tribo e derrubar alvos maiores mais rapidamente. (Mais alvos para serem considerados)

Objetivos a longo prazo:

1.        Devem considerar de acordo com a situação do mundo se querem que as vossas conquistas sejam mais próximas (para uma base mais solida) ou se se podem dar ao luxo de se espalharem e começarem a construir postos avançados logo desde o início (diminuindo a sobreposição do farm e aumentando o retorno no geral bem como o crescimento). Quando conquistarem os vossos primeiros alvos podem ser a longa distancia (com ajuda dos membros da tribo ou depois de ter noble train).

Este foi um exemplo da forma como podem planear, não precisam de escrever ou ordenar como no exemplo. Podem faze-lo com mais ou menos detalhe. É ao vosso critério. Desde que tenham uma orientação e um plano de jogo estão no caminho certo.

 

Allura

Iniciação ao Tribos

Olá comunidade tribal,

Iremos mensalmente trazer-vos conselhos sobre o jogo, conselhos esses retirados de varias fontes já existentes, bem como do saber-adquirido. Iremos dividir estes conselhos em capítulos para ser de fácil leitura e consulta.

Capitulo 1º

Iniciação

Antes de começares o teu jogo pensa primeiro que tipo de jogo ou jogador queres seguir ou ser e afina a tua estratégia por forma a conseguires seguir o teu caminho de uma forma mais eficiente. Conforme o teu objetivo planeia o teu percurso.

Há dois factores importantes que limitam o crescimento de cada jogador, o tempo e os recursos.

Se te encontras à espera de recursos para evoluir alguma coisa estás limitado aos recursos que obténs.

Se consegues manter tudo a evoluir e tens recursos a mais, ou pelo menos os suficientes, então ai estás limitado ao tempo.

Os recursos podem ser ganhos de duas formas. Uma de forma consistente e segura através das minas ou pela forma mais exigente que é o farming.

Enquanto as minas fornecem um rendimento sólido, através do farming o crescimento é exponencial, assim como os recursos que tu investes irão sempre aumentar os teus rendimentos.

Deves reconhecer sempre as tuas limitações e trabalhar numa forma de as ultrapassar (no caso do tempo, podes faze-lo equilibrando e encurtando).

 

Caso queiram participar nesta rubrica e deixar as vossas sugestões, queiram por favor fazê-lo, incluiremos as mesmas nos próximos capítulos.

Como fazer? Basta que enviem email com o nome: Blog Tribos – Conselhos&Dicas para carla.varandas@solutions.pt. Anexem o vosso documento bem redigido em formato WORD, e devidamente assinado pelo autor (nome próprio ou User de jogo), com os conselhos que acham serem pertinentes e que ajudarão quem precisa de algumas dicas para aperfeiçoar o seu jogo. Os melhores conselhos serão selecionados e colocados no blog.

 

Allura