Entrevista a atsn1973, da tribo vencedora do Mundo 3

atsn1973

De que forma conheceu o Tribos?

Conheci por meio de uma conversa num café que frequentava, e continuo a frequentar. Ouvia falar no jogo, em ataques e conquistas… Pedi o endereço da web e fui experimentar e… até hoje. Fiquei viciado!

O que mais o cativou neste jogo?

Em primeiro lugar a ânsia da conquista, do crescimento e mais tarde um mundo novo de convívio e de conhecimento.

Pode descrever-nos, de forma breve, o seu percurso no Tribos, este foi o seu primeiro mundo? Onde e como aprendeu a jogar?

Comecei a jogar no PT2, tive a sorte de conhecer já na altura grandes jogadores, Macfly, grande líder, Sardan. Mas muitos outros que poderia nomear. Essa grande família Metal. Passado algum tempo comecei a jogar também no PT3, comecei na tribo Peste, academia da Virus onde cheguei a líder, também grandes jogadores e amigos, onde destaco o blusharklima, depois acabei por ir para a Nom15.
Mais jogadores de valor, com visão e tática. Quero destacar a grande líder Volendam, milalim, Nuno Castanho, entre muitos outros que por lá passaram, nem todos chegam ao fim.

Assim que entrou no mundo, qual era o seu objetivo?

No início é o conhecer, o experimentar, depois é que se vai apanhando o vício, levantar a horas de enviar ataques e nobres para caírem a determinada hora, etc.

Durante estes 5 anos participou, com certeza, em muitas guerras. Qual foi para si a tribo oponente que melhor se debateu?

É difícil apontar uma só, pois do outro lado tem sempre bons jogadores, no PT2 a Wolf que julgo que acabou por vencer o servidor. No PT3 é difícil apontar alguma porque a partir de determinada altura sentimos que pela nossa qualidade, não tínhamos oponentes. Depois todos os outros servidores tem sido experiências fugazes da qual vou tirando conclusões, mais ou menos positivas e também muitas desilusões.

Este foi um mundo longo, 5 anos é muito tempo. Fez muitas amizades dentro do jogo durante esse tempo? Sente saudades de alguns companheiros de batalhas?

Claro que sim, ficou um núcleo de amigos e jogadores que se irão juntar em novas experiências nos servidores que se vão seguindo, para além disso vamos falando. Daí que saudades só mesmo da adrenalina do jogo.

Como se sentiu quando percebeu que a sua Tribo tinha ganho o Mundo 3?

Uma mistura de felicidade e saudade, mesmo antes do servidor fechar.

Existe algum momento que o tenha marcado, de forma positiva ou negativa, ao longo do seu percurso no jogo, que gostaria de partilhar com o resto da comunidade?

É difícil destingir um só momento, pois existem muitos momentos que marcam, o perder aldeias, coordenados com sucesso, raiva, etc.

Sente que o Tribos influenciou a sua vida de alguma forma?

Sem dúvida, cheguei a ter que me moderar mais, pois foi difícil conjugar a família e o jogo, mas tenho conseguido.

Tenciona participar em algum futuro mundo até ao seu final ou considera-se “reformado” nesse sentido? Se tivesse a possibilidade escolher as configurações do próximo mundo, quais seriam?

Se existir essa possibilidade, irei até ao fim a menos que a vida pessoal mo impeça de todo.
Gostaria de um grafismo mais arrojado e atual, algumas funcionalidades que embora simples só se encontram com o Premium.

Que mensagem gostaria de deixar aos seus companheiros e colegas de tribo?

Aos verdadeiros e que me conhecem, que podem sempre contar comigo, e que é, foi e será sempre um prazer estar com eles em novos desafios.

Por último, gostaria de deixar alguma mensagem final aos nossos leitores?

Que não desistam, mesmo quando estão a ser atacados, este é um jogo de estratégia, mas também de paciência, persistência e respeito mesmo para com os adversários.
Peço também à administração do jogo que tenha em conta a crise e o desemprego e que facilite o Premium.

Obrigada pelo seu contributo e participação e boa sorte para as próximas etapas.

Obrigado e bem hajam.

1 comentário a “Entrevista a atsn1973, da tribo vencedora do Mundo 3”

  1. Peço também à administração do jogo que tenha em conta a crise e o desemprego e que facilite o Premium.

    melhor parte 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *