“Britany Shelter’s” por marypixar – Capítulo XIV

 

marypixar
Membro do fórum do The West desde de maio de 2010.

 

O xerife Jimy Grant parecia o tolo de NY… Corria desesperadamente, ninguém sabia para onde, por causa de Britany.
Britany, depois de ter tratado do ferimento da perna de Jimy Skull, decidiu que estava na hora de se encontrarem novamente com o malvado xerife. Os dois quiseram encontrar-se cara a cara com o Xerife Jimy e Sara, a grande mentirosa. Foram os dois de cavalo, mas não os encontraram.
– Raios, mais valia estarmos quietos. Agora nem sabemos onde estamos. – disse Britany.
– Se pensares bem, nós nunca sabemos onde estamos. – disse Jimy a rir.
– Realmente… – retorquiu Britany.
– Já que estamos aqui, vamos ao saloon jogar póquer? – disse Jimy.
– Se quiseres, vai tu, eu estou farta de apostas! – respondeu Britany.
Jimy, entrando no saloon dirigiu-se ao balcão. Reparou numa garrafa que se encontrava em exposição nas prateleiras e não hesitou em pedi-la.
– É, ó senhor! Não sei o seu nome, mas dê-me aquela garrafa! – disse Jimy a berrar.
O senhor, que por acaso se chamava Criss, deu-lhe a garrafa. Jimy, acabando de a beber foi jogar póquer e começou a apostar muito dinheiro.
– Ó senhor! Você sabe as regras do jogo?! Está a pôr jokers no jogo! – disse um dos adversários muito irritado.
– É claro que sei. Estou a brincar consigo. – disse Jimy.
– Então jogue direito. – disse o adversário muito exasperado.
– Está bem! – disse Jimy, muito bêbedo.
Jimy começou a jogar direito, quando o adversário viu que ele tinha uma carta enfiada nas botas.
– Seu grande batoteiro! Desafio-te para um duelo! – disse o adversário.
Jimy nem sequer chegou a ouvir o adversário, pois tinha desmaiado com tamanha bebedeira.
O que acontecerá? Continua…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *