Dia a dia do Advogado do Diabo

Ora bem, se até o administrador fala do seu dia entediante, e mais de tal forma agendado que omitiu as pausas para ir à casa de banho, irei também divagar sobre o meu dia que acho deveras muito mais interessante.

A minha manhã inicia-se com um ritual de purificação, espanco o despertador (sem almofadas que isso é muito quiduxo) e vou tratar de mim, meto-me no banho e penso qual será a minha próxima vítima (novo despertador), visto que ainda é madrugada (pois os diabinhos lançam o caos sobre o mundo cedíssimo).

Depois de lavado e manjado é hora de pegar no carrinho e abrir o escritório, como bom ser desprevenido de moral as manobras perigosas nas ruas movimentadas e o uso excessivo da buzina é o meu ritual pagão matinal. Irritar o maior numero dos seres que estão nas filas e mostrar como se faz é bonito.

Ao chegar ao escritório é altura de dar vazia aos clientes, bem eles são sempre mais que as mães e todos com umas histórias mirabolantes… A parte que realmente me chateia neste momento é porque raio eles tentam enganar o diabo? A serio, será que já não é possível confiar numa pessoa que vende a sua alma ao diabo? Desiludem-me… francamente…

Depois de lançar as pragas sobre as criaturas daquele senhor ausente, gozar um pouco com a cara de uns anjinhos moralistas fico com fome. E se tenho fome… Bem, adivinhem lá o que faço!? VOU COMER!!!

Após isso segue-se um outro passatempo muito bom… questionar e importunar os sacerdotes da sabedoria em templos obscuros e duvidosos. Questionar sobre tudo e todos, criar o nevoeiro à volta do seu deus e perguntar “ainda tem a certeza da sua existência”. Infelizmente este é um passatempo que rapidamente me leva à remoção dos seus templos, até na casa destes senhores somos mal vindos e olhados.

De tanto me agarrar às cadeiras e suplicar apenas mais uma pergunta fico exausto e naturalmente com fome, pego no objecto de telepatia e escrevo os meus pensamentos que envio aos pobres coitados que ainda me aturam – vamos jantar e sair?

A comida está sempre boa! Mas o verdadeiro apogeu do dia começa com a hora das bruxas, quando o sol já não se vê e a lua atordoa as presas. Começa o jogo das seduções, olhar à minha volta e procurar na multidão aquela cara nova e anónima (sim porque o nome é o menos importante). E assim começam as promessas de um amor ardente até ao final de tal noite, algo mágico e único (pois duvidosamente se repete).

À medida que nos afastamos, paira apenas uma questão será que o meu despertador toca na tua mesinha de cabeceira?

Isto sim é um bom dia!
O defensor de todos que não precisam de horários para ir à casa de banho.

2 comentários a “Dia a dia do Advogado do Diabo”

  1. Ok…de futuro abstenho-me de comentar estes e de lê-los, apenas porque já aborda temáticas que não me tem muito que comentar.^^ É a vida das pessoas, nada mais há a dizer! Mas agora já o li e ops!…já formei uma opinião(ou duas ou três),como seria de esperar.:)
    Ás vezes as pessoas encaram um papel ou assumem uma máscara, que não é de todo representativa do que realmente são. Poderão não ser muito mais, mas tudo aquilo támbém me parece que não o sejam!:)
    O diabo, para quem não sabe e falando um pouco de teologia, antes de o ser, era um anjo bonito e um dos favoritos de Deus(segundo a bíblia).Lúcifer significa anjo da luz(ou portador da luz, nalgumas traduções).
    As pessoas criam cascas exteriores para não se magoarem. É instintivo.^^ E acredito realmente que algumas precisem da solidão, e de espaço para conseguirem existir. O ser humano adapta-se, mas nem tudo se resume aos instintos mais básicos. Como comer, beber e…outras coisas!:) Não se deve tentar mudar as pessoas. Mas deve-se sim mostrar o que a vida tem de mais bonito, que não uma rotina infernal de jogos, desprovida de qualquer tipo de sentimentos mais profundos.As pessoas assumem um papel, mas nem sempre precisam dele. O pior é quando já não se sabe funcionar sem ele…isso é mau!^^ Mas depois de ler alguns textos, deparo-me com um advogado que parece ser rijo como uma noz, mas que tem alguns momentos de um impróprio deslize para o cargo que tão bem ocupa…hehehe! Como dar por si a ouvir Beatles, e se calhar a cantarolar aquilo distraído! E até preocupado com questões criminais…Lol…
    “Mas o verdadeiro apogeu do dia começa com a hora das bruxas, quando o sol já não se vê e a lua atordoa as presas.” Há!Há!Há! Umas das coisas que gosto na vida, é que é uma incógnita. E um dia dás por ti a cantarolar um “all you need is love” agarrado à almofada, e a celebrar a dolorosa solidão,provavelmente daqui a uns anitos. Bem, uma coisa é certa…terás sempre a companhia do diabo para jogar ás cartas.:)

  2. “Ao chegar ao escritório é altura de dar vazia aos clientes, bem eles são sempre mais que as mães e todos com umas histórias mirabolantes… A parte que realmente me chateia neste momento é porque raio eles tentam enganar o diabo?

    bem visto … afinal não sou o único

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *