Arquivo de etiquetas: Aniversário

O Mundo 22, por Iberian Hell

Abertura: 20/06/11

                O mundo 22 fez, recentemente, um aninho… Que tal recordar o que aconteceu já neste mundo onde, no seu início, muita gente esperava dele?

                O mundo 22 do servidor português foi “atacado” por imensos jogadores conhecidos e por grandes tribos já formadas. Nomes como BH, FREE!, RUN!, WC, 1., LOAD! e muitas outras que foram aparecendo com o tempo, como é o caso da K.O!, NEW!, EL!… Digamos que o mundo teve três fases até ao momento: o início atribulado com tribos de grande qualidade, uma segunda onde, do nada, apareceram algumas tribos feitas in-game, mas sólidas juntamente com, naturalmente, as tão famosas tribos mass recruit. Por último, a terceira fase… Fase em que, como se pode observar, neste mundo desapareceram muitas tribos… Algumas devido a fusões, outras por desistências e outras simplesmente pelo fator guerra.

                A verdade é que, numa certa altura onde ninguém sabia o que podia acontecer, aparece uma tribo do nada constituída por vários jogadores espalhados por diferentes continentes… Estou a falar, é claro, da tão controversa K.O!. E porquê controversa? Simplesmente pelo facto de todos apontarem para uma situação e ocorrer exatamente o oposto… É verdade que a tribo apareceu tarde, mas esta veio dar uma “nova” luz ao mundo, numa fase onde já haviam guerras entre muitas tribos… Na primeira fase falada anteriormente, esta tribo não existia, nem sonhava existir… A verdade é que o mundo era, em certa altura, “dominado” por 4 grandes potências: FREE!, RUN! e 1. e LOAD!… Estas foram, sem dúvida, das tribos que mais marcaram este mundo.

                Quando já toda a gente falava apenas nestas 4 tribos aparece a K.O! no mapa… Foi sem dúvida a tribo que mais espantou o mundo. A partir daqui, pouco se tem a dizer em relação a este mundo… Muitos dizem que este perdeu todo o interesse devido a vários acontecimentos, como o desaparecimento de algumas tribos, como a WC, BH, NEW!, EL! e isto também muito graças aos esforços das tribos que os estavam a combater. Muitos dos seus jogadores simplesmente desistiram, outros continuam a jogar e outros viram os nobres a chegar às suas aldeias. Portanto, tendo em conta este facto, é de referir que este mundo perdeu, inicialmente, jogadores como lmcs94, ***Nevoeiro***, PedroAlmeida90 e uma grande lista de jogadores, perdendo o mundo alguma competitividade… Mais à frente na história deste mundo temos ainda mais desistências… Desta vez maioritariamente de membros da tão prometedora K.O!, que chegou a estar alguns dias sem líderes inclusive. No entanto, grandes jogadores trouxeram-na de volta…

    

                De momento, alguns seguidores deste mundo estão enormemente desiludidos, pois dizem que este perdeu toda a sua competitividade. A verdade é que RUN! e K.O! quebraram a aliança mais antiga do mundo 22 e decidiram que estava na hora de fazer a corrida às aldeias inimigas. Decidiram, portanto, juntar o útil ao agradável e juntar todos os seus membros numa só tribo, criando, assim, a »R.K«. Diga-se de passagem que isto não agradou a gregos e troianos, visto a RUN! estar em guerra com a 1. e a K.O! com um “pacto de boca”… A verdade é que, de momento, estamos praticamente na reta final do mundo, pois só se fala em duas tribos: os rapazes Velha Guarda e o pessoal da RUN + Knockout. A verdade é que, no que toca a guerra, vemos a junção da TOP1 com a TOP2 a dar imenso resultado, com 415 aldeias de saldo positivo para esta. É nestas horas que todos nos perguntamos se a união entre estas duas tribos é realmente forte ou foi a Velha Guarda que se deixou, subitamente, ir abaixo? No que toca a mim, penso que a »R.K« demonstrou as suas capacidades na maior guerra de todo este mundo. É TOP1 vs TOP2. Onde o TOP1 leva clara vantagem para conseguir a conquista e vitória neste mundo que já deu tantas voltas que nem quem está lá dentro a viver o jogo se consegue lembrar de todas! Note-se apenas que, apesar de estar a perder esta guerra, a 1. é, possivelmente, das poucas tribos que se mantém intacta desde o primeiro dia do mundo… Por isso, temos uma grande guerra, pelo que tudo pode acontecer. Por outro lado, a TOP1 tem liderado e feito o que quer neste mundo, pois nenhuma ou pouca resistência tem encontrado.

Da minha parte é tudo. Desejo boas conquistas a quem se encontra neste mundo e que vença e convença a melhor tribo!

Saudações,
luis morte (in-game) – Iberian Hell (fórum externo)

Tribos por Odracir 678

A minha história no Tribos começou exactamente à 3 anos atrás. Eu estava a jogar um jogo online, o qual já não me lembro do nome, e de repente vejo um anúncio que me chamou bastante a atenção, sinceramente não me lembro bem do que dizia mas era algo sobre um mundo medieval, este anúncio despertou a minha atenção pois eu desde pequeno que me sinto fascinado pela idade media.

Bem eu resolvi clicar em cima, do anúncio, para ver do que se tratava, como eu naquela altura ainda era um miúdo ao inicio não me queria inscrever pois tinha medo que tivesse de pagar algo, de repente olho e vejo escrito em letras enormes, “REGISTE-SE AGORA GRÁTIS”, eu resolvi arriscar e fiz o registo.

Naquela altura ainda não percebia nada de tribos, eu nunca tinha jogado um jogo de Browser na vida, então tentei fazer o que vinha no tutorial, basicamente era o chamado “autentico noob”,só para terem noção eu ao inicio enviei umas quantas tropas para uma aldeia como apoio, a pensar que isso servia para conquistar a aldeia, quando vi que as tropas não voltavam e eu não consegui aceder a outra aldeia pensava que tinha perdido as tropas, até que percebi que estar a apoiar um aldeia era estar a defendê-la, o mais giro é que só percebi isso passados uns 2 dias.

Bem nesse mesmo mundo eu tentei fazer a minha própria tribo, eu era um noob mas mesmo assim tentei aprender e tentei ensinar os que eram como eu, basicamente tentei aprender a jogar a um nível razoável mas sem nunca recorrer aos tutórias do FE (Fórum externo), nessa altura nem sabia que havia um fórum externo. Bem eu tentei desenvolver a minha tribo segundo aquilo que eu via as outras tribos fazerem, nessa altura tudo o que eu fazia na tribo fazia-me pensar que estava a ser um grande líder e ficava extremamente feliz. Bem naquela altura ainda não tinha percebido que a tribo deveria estar perto para o apoio ser mais rápido então convidada tudo o que era jogador forte, fosse em que parte do mundo fosse so para tentar ter muitos pontos. Até que chegou o meu pior dia no TW, o dia em que me conquistaram a minha 1ª aldeia, eu nessa altura já tinha umas 3 ou 4 aldeias, mas mesmo assim fiquei tão “chocado” que acabei por desistir do TW. Isto passou –se tudo no mundo 1 do server português.

Passado uns 6 meses voltei a convite de um amigo meu , eu nessa altura era uma espécie de noob evoluído, pois já sabia que tinha de fazer tropas só que ainda não tinha arranjado um método de o fazer e ao mesmo tempo evoluir edifícios. Esse meu amigo tinha uma tribo, era mais ou menos similar a minha no pt1, naquela altura até já eu sabia que aquilo não era a forma correcta de uma tribo “boa”, eu tentei explicar isso ao meu amigo mas ele não me ligou e ao fim de 2 ou 3 meses entramos em guerra com uma tribo bem mais forte que nós e, como é óbvio, perdemos sem dar-mos qualquer luta, não me orgulho disso, mas nessa altura nem liguei muito, Isto passou-se no mundo 6, numa fase já um bocado evoluída do mundo.

Bem depois comecei a jogar no pt9, com outro amigo meu, mas ai não estive muito tempo, tive de sair por causa das aulas.

E depois de tanta nobice, finalmente chega a parte em que eu comecei a jogar TW á séria, bem isto aconteceu no pt13, eu como em toda a minha vida sempre gostei de liderar entrei neste mundo com a ideia de criar uma tribo de ToP, neste mundo eu já tinha uma noção do que era uma tribo de ToP, já foi uma evolução não acham? Continuando, eu entrei para o K24 e lá comecei a desenvolver a minha tribo, continuei com o mass recruit, mas desta vez só recrutei no meu K, para os apoios serem mais rápidos.Passados poucas semanas de eu ter criado a minha tribo recebi uma proposta de uma tribo a MLN$, para nos fundirmos com eles, eu aceitei, depois essa tribo sofreu várias alterações fez mais fusões, mudaram de nome e outras coisas mais, até que no fim só ficaram cerca de 70 membros divididos em 2 tribos, pois o nº máximo de jogadores por tribo nesse mundo era 40, e foi ao longo desse percurso todo que eu passei a conhecer as várias ferramentas que o mundo do TW tinha para oferecer, como o FE e o TW stats, e aprendi a tirar o melhor partido deles.

Bem nesse mesmo mundo a minha tribo que estava em 8º na classificação geral, entrou em guerra com a OUT e BH, 2 das melhores tribos do server, a guerra durou e nós estávamos a aguentar-nos bem, até que o nosso líder deu a conta a um primo, e ele desfez a tribo, ainda a tentamos reconstruir mas já não deu, então a tribo toda separou-se e alguns, inclusive eu, desistiram do pt13.

Tentei voltar a pouco tempo para lá através há alguns meses mas não consegui conciliar com as aulas por isso tive de desistir de novo.

Bem depois de ter deixado pela 1ª o pt13 sai do jogo e só voltei passados uns meses, entrei no pt17, na EL CHE, um bom mundo com bons jogadores, mas infelizmente os lideres dessa tribo não tinham muito tempo para ir ao jogo e devido á desorganização da tribo fui conquistado por uma inimiga.

A meio da minha passagem pelo pt17, abriu o pt18, onde eu entrei logo que abriu, mas infelizmente fui expulso por multi-contas, o que não é verdade pois quem jogava era o meu irmão e é normal nós acedermos do mesmo PC e da mesma internet, desculpem o desabafo. Prosseguindo, eu não desisti e mais tarde voltei a entrar no pt18, lá, juntamente com grandes jogadores que conheci, criamos a NpD, uma tribo sem mass recruit com os melhores do K24 e K25, essa tribo ainda existe e estão a evoluir muito bem, eu sai pois não consigo conciliar 2 mundos de baixa velocidade neste momento, e também não gosto muito da ideia de co-playing.

Actualmente estou no pt20 onde, finalmente, consegui fazer uma grande tribo sem mass recruit só com bons jogadores e bem seleccionados, essa tribo continua a crescer tanto em pontos como em ODA, e basicamente ela é o meu orgulho e um culminar de vários anos a aprender a gerir uma tribo, a seleccionar jogadores e a jogar.

Também participo no clássico, mas ando lá “só a ver”, como se costuma dizer.

Bem e foi este o meu percurso ao longo do server português de TW.
Odracir 678

O Tribos por Tojo Bravo

Vou começar por dizer como comecei neste jogo – Foi simplesmente numa brincadeira de amigo, vimos este jogo na net, e começamos a jogar, jogar, e jogar até ficarmos totalmente viciados, no principio do mundo 1, ninguém percebia como é que o jogo funcionava, ao passar dos tempos começávamos a perceber a origem do jogo, e a maneira de se jogar melhor e cada vez melhor, mas por azar os meus vikings faleceram, e perdi.

Comecei a jogar no mundo 2, depois de muito jogo mesmo, decidi jogar no mundo 12, um excelente mundo, adorei mesmo jogar nesse mundo que por azar, morri com 3 milhões de pontos por inactividade (questões pessoais).

E agora neste preciso momento estou com 2M de pontos no PT14, também adoro imenso aquele mundo, estamos neste preciso momento em guerra com a -WAR- uma tribo muito experiente, com jogadores muito fixes, e claro como em todas as tribos jogadores que só fazem monte e jogam SIM CITY, mas em geral O TRIBOS é um excelente jogo para todos os tipo de pessoas.

Também me candidato todas as vezes a moderador do fórum, mas nunca fui escolhido, quase todas as vezes que me candidato, consigo sempre acertar nas respostas só depois nas informações pessoais é que não escrevo muito, mas 1 dia irei participar nesta equipa do tribos.

Uma vez no mundo 14, tive uma excelente notícia, iria ser deputado na minha tribo a [666] pelo meu esforço em questão a tribo, e também em questão as guerras de ser muito participativo, mas o que foi mais engraçado foi que a minha tribo inimiga descobriu que eu era deputado, e o líder da tribo mandou-me logo uma MP a dizer se eu não queria ser um espião dele, e em troca nunca seria atacado, eu nesse momento estava fraco de tropas e sim fui inteligente e respondi que sim era uma óptima ideia.

Eu era MDF de um jogador dentro da tribo inimiga, e sabia tudo exactamente os coordenados que eles iriam nos fazer então eu ajudava claro sempre a minha tribo principal [666], durante 1 semana consegui fazer as minhas tropas todas, e aí sim foi engraçado, eu comuniquei a tribo inimiga da [666] que estavam a fazer um coordenado ao líder, toda a gente apoiou com tudo o líder, e por fim eles a ultima da hora descobriram que o coordenado era para diversos jogadores que estavam longe do líder, para não terem tempo de retirarem os apoios, e assim por causa duma coisinha de nada, aquela tribo ficou destruída e com apenas 5 jogadores com pouquíssimas aldeias, e assim acabou uma guerra que nem um mês durou 🙂 Foi a minha melhor experiência neste jogo altamente.

Quero agradeçer a INNOGAMES por ter criado este jogo muito fixe 🙂

Com os cumprimentos de,
Tojo Bravo (PT14)

Três anos mais tarde…

É verdade o tempo realmente voa, foram à exactamente três anos atrás que lançamos o primeiro mundo PT do Tribos, tal como em anos anteriores gosto de aproveitar este dia para ponderar o ano que passou e comparar com os anteriores… e realmente o ano que passou foi marcado com imensos episódios tristes e alegres, com partidas e chegadas.

Neste ano perdemos alguns membros da equipa e da comunidade que realmente marcaram a diferença e contribuíram para a melhoria deste jogo, e a sua falta é sentida todos os dias. Mas também tivemos revelações, novos membros que tem mostrado a cada um de nós que apesar de terem passados três anos ainda há um longo caminho pela frente a todos nós e a estes membros agradecemos por nos abrirem as portas a estas novas oportunidades.

Para mim, pessoalmente este ultimo ano foi um renascer e voltar a apostar em alguns projectos de gaveta tal como outros novos que surgiram, e honestamente, acredito que este ultimo ano foi a base para um novo patamar profissional que se aproxima. O curso deste quarto ano já se encontra definido, mas como qualquer bom gestor não devemos olhar para os problemas apenas no presente, mas colocar os olhos para o futuro e fazer o melhor possível para que eles não apareçam.

Assim sendo, é com uma postura realista que pouco posso adiantar do futuro que virá, mas ficam um pequeno aroma,

  • Em celebração do aniversario do tribos está a correr uma ronda speed em que os três primeiros classificados recebem 200 pontos premium.
  • Ainda neste tema de celebração durante esta semana iremos oferecer pontos premium aos jogadores em troca das suas histórias de tribos ao longo dos três anos que passaram.
  • Segunda-feira iremos ter o Clássico (também conhecido como alta performance) no Tribos, neste momento posso apenas adiantar que a velocidade deverá ser de 5x e a duração perto de 6 meses.
  • Segunda-feira serão introduzidos a uma fase final os mundos I, II e III e aberto um dialogo com os jogadores destes mundos sobre possíveis alterações ao mesmo.
  • Brevemente iremos contar com mais uma ronda de recrutamento de membros da equipa de suporte, pois queremos reactivar algumas iniciativas que foram perdidas com o tempo, tal como preparar novas.
  • Avizinha-se a versão 7.1 e com esta algumas novidades muito interessantes, mas isso será apenas contado no futuro.
  • Está quase a chegar a guerra PT vs ES, apesar de pouco ter sido dito nos fóruns PT e muita conversa tem sido feita nos bastidores, acreditem que se tudo correr conforme o previsto estamos presentes algo completamente novo e emocionante.
  • No correr do próximo mês chegará o mundo XXI (pt21), contudo este já se encontra disponível para testes da equipa.
  • E muito, mas mesmo muito mais!

Bem, resta-me apenas parar com a conversa e voltar ao trabalho, assim despeço-me de todos com um agradecimento por fazerem este um dos melhores jogos online.

Parabéns a todos nós,
Ricardo Vitoriano, Gestor de comunidades.