Arquivo de etiquetas: Entrevistas

A Helénica

Olá Maltinha do Blog,

Trago-vos hoje uma novidade para a comunidade Grepoliana!

Como já tinham sido informados no decorrer do ano 2016 iriam existir grandes novidades no jogo, mas também fora dele já está On-Line o novo Fórum Externo com uma maior versatilidade e futurismo apresentado, mas a nossa equipa não ficou só por aqui, decidiu ir um pouco mais além…

Apresentamos-vos assim a mais recente novidade a Helénica.

O que é a Helénica?

A Helénica é um jornal que fala um pouco de tudo, engloba assuntos do jogo, política, desporto, anedotas e outros passatempos. O objetivo deste jornal passa para dar algum conforto aos leitores, será de uma leitura fácil para proporcionar fontes de relaxamento e descontração ao jogador e também ficar a par das novidades, também nunca esquecendo a comunidade Emigrante que joga o jogo no nosso Servidor.

Agora basta ficarem atentos, ao nosso fórum e redes-socias que irá ser lançado o jornal mensalmente com as mais recentes novidades, até lá divirtam-se no jogo e no nosso blog.

Vê a primeira edição aqui:

Entrevista a mrmarques64

Negrito: Entrevistador

Fonte normal: Entrevistado


 

1. Boa noite mrmarques64! Obrigado por ter aceite a entrevista. Comece por nos dar uma breve apresentação sua.
Chamo-me Mário Marques, sou de Alcobaça e jogo Grepolis desde 2011 por influência do meu rapaz. O meu primeiro mundo foi o Beta (cerco) onde fui parar no oceano 25 e foi lá que fiz a minha aprendizagem. No entanto, o mundo que me deu mais “calo” a jogar foi o Kappa (revolta). Depois andei a saltitar de mundo em mundo (erro meu aceitar convites quando não tinha disponibilidade para jogar vários mundos em simultâneo) até iniciar o Psi que levei até ao fim. Parte da história do Psi já foi contada (InMemory) faltando apenas a história da Gangada vs Marretas. Mundo perdido por ingenuidade da parte da Gangada (onde me incluo). Talvez um dia a venha a contar na primeira pessoa.
Joguei mais uns quantos de passagem, tendo permanecido mais tempo no Corinto.

2. O que está a achar do mundo até agora?
O mundo está a ser interessante embora estejamos no início. Mundo muito rápido (6x) que exige muita disponibilidade da parte dos jogadores. O aspecto negativo é o cerco ser de 24 horas mas serve para contrabalançar a velocidade do mundo. Se o cerco fosse de 12 horas, penso que já haveria jogadores com mais de 50 ou 60 cidades.

3. O que tem a dizer sobre as criticas de ilegalidades que se tem visto no Fórum Externo que a sua aliança é alvo?
Haverá sempre jogadores que utilizam meios ilegais para alcançar os fins a que se propõem e a existência desses jogadores é transversal na maioria das alianças. Haverá quem utiliza essas ilegalidades na minha aliança? É possível. Não meto as minhas mãos no fogo por alguém.
A questão que se coloca, é como justificar (ou provar) que um jogador utiliza um bot. Os prints apresentados, na maioria das vezes estão descontextualizados e incompletos com falta de informação que leva a quem lê o FE ao engano.
Por exemplo e considerando um delay (ou lag) de -10s a + 10s, se houver um jogador que faça apenas 5 ataques e os meter todos no mesmo segundo, à 1ª vez poderá ter saído a sorte grande mas se repetir mais algumas vezes penso que utiliza um bot. Se um jogador fizer mais de 20 ataques, será expectável que fiquem seguidos e alguns até no mesmo segundo.
No entanto, já tive a experiência (no Psi) de apanhar um jogador que utilizava bot. Cada vez que o atacava a qualquer hora do dia, apanhava sempre as tropas e recursos juntamente com a milícia.

4. Que análise faz do top15 alianças?
Estão presentes alianças muitas boas, com bons jogadores e prevejo um mundo bastante competitivo. Mas daqui a uns meses, o cenário pode mudar radicalmente. Começa-se a pensar nas Maravilhas e muitas alianças mudam o seu estilo de jogo. Outras, infelizmente irão desaparecer.

5. mrmarques64 já é um nome antigo do Grepolis PT, já jogou com grande parte dos jogadores das alianças rivais à sua, o que tem a dizer acerca disso?
Como já jogo isto há cerca de 5 anos é natural que isso aconteça. Hoje joga-se na mesma aliança, amanhã jogamos em alianças adversárias. É sempre bom porque há troca de experiências diferentes, coisa que não aconteceria se jogássemos sempre com os mesmos jogadores.

6. Alguma ambição em especial para este mundo?
Sim, tenho: ganhar o mundo com a minha aliança.

7. Para si, se as maravilhas começassem hoje, que aliança levaria a melhor?
Sinceramente não sei porque há sempre muitas jogadas de bastidores. Nem sempre a aliança melhor colocada leva a melhor sobre as restantes.
Uma regra que deveria ser implementada nas Maravilhas, seria a do recrutamento fechado. Acabava-se com o corrupio de jogadores a entrar e sair para despejar recursos e favores.

8. A aliança MiBR diz que a única pedra vão ter é a sua aliança, Donos do MundO. O que tem a dizer da aliança em questão e para si qual será realmente a pedra do sapato da sua aliança?
Tenho boa impressão da MiBR, com bons jogadores e que estão neste mundo para jogar (e ganhar) à semelhança das restantes. Todas elas me merecem o maior respeito embora saibamos que há algumas alianças mais fortes que outras. Verifica-se pela luta que dão nos cercos, designadamente a SINE e a MiBR. Outras nem sequer temos contacto pelo que é difícil de determinar se são aguerridas ou não.

9. Para terminar, gostaria de deixar alguma mensagem aos nossos jogadores?
Jogar o jogo pelo jogo e respeitar os adversários.


 

Entrevista realizada pelo jogador Academos14

Entrevista a bigoda dp

Negrito: Entrevistador

Fonte normal: Entrevistado


1. Boa noite bigoda dp, obrigado por ter aceito participar na entrevista desta semana. Comece por nos contar um pouco da sua história no Grepolis com uma breve apresentação.~
É um prazer poder participar desta entrevista.
Minha história no grepolis iniciou no mundo no mundo DELOS – BR. Foi o primeiro mundo que entrei e onde conheci o jogo. Aprendi o básico naquele mundo, mas optei por abandonar devido a velocidade ser muito baixa (1x).
De lá entrei no mundo EDESSA, em uma pequena aliança onde fiz bons amigos que muito me agregaram no jogo. Fui campeão sendo um soldado leal a aliança PANZER, que ganhou o mundo com uma estratégia muito recriminada, o mass recruit e 04 pactos. Foi neste mundo também que conheci 02 grandes amigos: LuizLiess e RafaelMG. Jogávamos como adversários mas sempre trocávamos mensagens.
No mundo seguinte, GELA, em conversa com o Rafael e o Luiz, passamos a jogar juntos na mesma aliança, a LIGA DOS COMBATENTES. Mundo este que foi muito disputado com guerras muito prazerosas contra a aliança CANALHAS que tínhamos uma guerra em particular, e a FAMOSA aliança ATMSAT, que neste servidor jogou com o nome de BRSAT por não ter seu principal jogador ONGARATTO presente no mundo. Nós 03 como fundadores conduzimos a aliança a vitória absoluta com conclusão em tempo recorde de MM’s em servidor 2x no BR, 13 dias.
Durante o decorrer do mundo GELA, também joguei em uma conta que me foi doada no mundo ZAKROS, onde também me sagrei campeão junto ao RafaelMG.
Foi o mundo que mais me dediquei ao jogo, alcançando o TOP1 em classificação Geral, Ataque e Combate.
Também tive um revés recente no mundo Idalium Br, onde tentei assumir o controle da aliança que era líder para corrigir os problemas. Mas a aliança estava com um time infiltrado, inclusive com cargo de líder trabalhando para favorecer a aliança rival, ainda com remorso do que fizemos no mundo GELA.
Jogo é assim, hora se perde, hora se ganha! É de batalhas que se vive o Grepolis! rsrs

2. A aliança por si fundada, a =MiBR=, é um conjunto de jogadores que veio do servidor brasileiro. Quais são as vossas ambições?
A MIBR, Made in Brazil, é uma aliança que montei para me divertir com alguns amigos. Entramos neste mundo com o único propósito de diversão, e conhecer um pouco mais do tão falado nível do servidor PT.
Nossas ambições sempre serão ganhar. Nosso time é pequeno. Nossos principais jogadores gastadores de ouro e fominhas como eu não puderam entrar no mundo por motivos particulares diversos. Uma pena!

3. Já conhecia o servidor PT antes de cá entrar e qual a razão que vos levou para cá vir?
Já tinha ouvido falar do servidor PT sim. Nunca tinha jogado por essas bandas, mas sempre quis conhecer. Quando soube que o mundo estava por abrir e com a velocidade 6x não perdi tempo e cá estou.

4. Que alianças acha que podem causar maiores problemas à =MiBR=, tendo em conta que o top3 de alianças já venceu mundos anteriores?
Sem dúvidas os Donos do Mundo são um problema para gente. Estão próximo de nós e a todo tempo tentam conquistar cidades nossas.
Muitas sem sucesso. Hoje perdemos nossa segunda cidade para eles desde que o servidor iniciou.

5. Fontes minhas, disseram-me que já ganhou vários mundos no servidor BR… acha que aqui vai ter digamos as mesmas “facilidades” que tem tido?
Facilidades não tive em nenhum mundo. O que determina a vitória é o time, não a liderança em si. Vejo as 3 principais alianças com grupos de jogadores muito regulares (em mesmo nível) o que da maior celeridade ao jogo e ao crescimento da aliança.

6. O que tem a dizer em relação à grande crescente na utilização de ilegalidades no jogo?
Isso é um fato triste. Como comentei acima, hoje perdemos nossa segunda cidade para os donos do mundo. E por que motivo? Por alguns jogadores deles usarem um conhecido script que é liberado em outros servidores, mas não no PT que indica o tempo de inatividade dos jogadores.
A única vez que tentaram cercar um jogador nosso ativo, que por sinal foi o LuizLiess, nem sequer passaram do porto.
Tanto prova que usam de artifícios ilegais que um jogador deles em zona de conflito com a gente fora bloqueado esses dias.
Mas não vou entrar nessa discussão. Acredito que o suporte tem ferramentas para coibir o uso ilegal dos scripts, ou ainda, ter a consciência de reavaliar que o jogo precisa de algumas melhorias, e permitir o uso em definitivos de alguns desses scripts.

7. Há boatos que confirmam a existência de um pacto entre a sua aliança com a – ÉZ APUHC – por ser também de origem brasileira. Confirma esse boato?
o pacto existe sim. São amigos também do Brasil que encontramos no servidor por acaso. Entramos em dias diferentes, e acabamos por nos esbarrar próximos ao 54.

8. Para terminar, gostaria de deixar alguma mensagem aos leitores?
Quero agradecer mais uma vez o convite para essa entrevista. É sempre bacana comentar sobre nossas experiências e aventuras neste jogo viciante.
Espero que esse mundo tenha ainda muita competitividade.

Um abraço a todos e bom jogo!


Nota: Houve uma alteração nos factos da pergunta 7. Na pergunta estava em causa a existência de um pacto entre a MiBR e a ÉZ APUHC, mas hoje já foi feita uma fusão entre as duas alianças. Este erro deve-se a que a entrevista foi feita no inicio da semana. Pedimos desculpa.


Entrevista realizada pelo jogador Academos14

Entrevista a ImpireSLB

Negrito: Entrevistador

Fonte normal: Entrevistado


 

1. Boa noite ImpireSLB, obrigado por ter aceite! Para começar, apresente-se aos nossos leitores.
Boa noite Gomes, ImpireSLB para os grepolianos e Carlos ou Avec para os amigos, como não poderia ser sou viciado neste jogo, não por ele mesmo mas sim pela involvência humana que existe em torno do jogo.
Fiz o meu 1° mundo no SIGMA e dai para a frente passei por varios mundos tais como Upsilon, Tau, Phi, Chi, Psi, servidor Francês, Bizâncio, Corinto, Delfos e agora o Itaca, sempre com o mesmo nick. Uns Mundos mais conseguidos outros menos mas foi assim que fui aprendendo a dar uns toques nisto. Aprendi como muitos a ver espadinhas apontadas as minhas cidades principalmente em modo revolta. Ainda me lembro das grandes noobices que fazia, não é que não faça agora
Os mundos revolta nunca me correram bem devido ao facto de nunca me conseguir juntar a um grupo forte de jogadores e ai a vantagem de me ter juntando a um grupinho não muito grande mas que depois formou uma grande aliança que foi a =SINE NOMINE= no PHI. Devo a minha entrada ao borbac naquela familia e depois aprendi muito do que sei hoje principalmente com o crasiman e com o cami1234, tudo jogadores que tenho em consideração devido aos seus fortes caracters e maneiras de liderar.
Como jogador não me considero grande jogador mas quando juntamos um bom grupo a união faz a força e ai sim talez seja uma mais valia.

2. Depois das vitórias no Bizâncio e no Delfos como fundador, acha que este mundo vai ser apenas mais um para a conta?
Tenho que te corrigir, Bizâncio cheguei a fundador com o decorrer do mundo, a pre made foi feita pelo cami1234, MasterAtWork e Ambush. No Delfos sim, fui fundador desde o prencipio com o cami1234 sendo dele a ideia de entrarmos no mundo e fazermos a homenagem ao Rocha tendo desde o primeiro dia o objectivo de bater o recorde das maravilhas.
Quanto à pergunta, sim vai ser mais um para a conta, vai ser o meu 10° mundo no grepolis
Quanto à vitoria que te queres referir, sem margem de duvidas estamos ca para ganhar e vendo os membros que temos e da forma que eles executam as estratégias da LEAD não vejo como não poderà ser possivel não ganharmos isto. Actividade é o essencial do jogo, e isso não falta nos membros que componhem a nossa aliança, desistencias e problemas fazem parte do decorrer do mundo e para isso é que ca esta a LEAD para contornar todos esses problemas com as opções adequandas a cada situação.

3. Humerus, cami1234, bla blas e ale grid, 4 jogadores que sempre jogaram consigo, e que tiveram presentes na Lead dos dois mundos ganhos… A presença deles na Sine Nomine pode influenciar a estratégia da Donos do Mundo?
Humerus e bla blas não estão no mundo, se tivessem certamente estariam no projeto Os Donos do Mundo e fariam parte da Lead. Quanto ao cami1234 e ao ale grid, sim o cami1234 é importante na estratégia do inimigo ja o ale grid é um mero peão, bom jogador, persistente, mas não passa disso. Quanto a eles influenciarem a estratégia da nossa aliança, não, não creio que vamos modificar a nossa maneira de jogar devido aos liders da outra aliança, liders não jogam sozinhos, os membros que as componhem é que fazem toda a diferença.

4. A que se deu o desentendimento no mundo Delfos entre o ale grid + cami1234 em relação à aliança por si fundada, Por Ti Rocha?
Simplesmente devido ao ego do ale grid no jogo e sendo expulso pela maioria em votação na LEAD, e depois quando existe amizade entre pessoas, as mesmas costumam seguir o mesmo caminho, foi o que aconteceu no caso deles,o cami decidiu continuar com o ale grid.

5. O único mundo cerco que não ganhou foi o Psi, e foi também o único que não jogou com eles… Mera coincidência?
Não, não tem nada a ver, fui convidado pelo Humerus, bla blas e sdr79 para me juntar a eles num projeto deles onde eu nunca tive muita fé mas fui na mesma por mero devirtimento e companheirismo. Agora não podemos comparar as coisas, ali foi uma aliança criada por jogadores ainda verdes, o unico com experiencia era o sdr79, nada tem a ver com as alianças que se formam com o objectivo de ganhar o mundo.

6. Neste mundo ítaca temos ótimas alianças, sendo o top3 vencedor de mundos anteriores, e 2 alianças brasileiras também vencedoras no seu servidor base. Que análise faz deste top15 de alianças?
Top 15? os mundos PT’s nunca tiveram 15 alianças, tiveram sim 3,4 ou 5 no massimo e as outras são apenas jogadores que estão juntos mas não podemos chamar de alianças. Uma aliança tem que mostrar isso mesmo, que joga em conjunto e que todos sem execção pensam da mesma maneira.
Quanto ao top 5 vamos esperar para ver mas ao ritmo que isto esta a levar não vejo grandes surpresas no decorrer deste mundo a não ser um pacto ou uma fusão aqui ou ali mas a quantidade de membros (alianças muito grandes) vai ser sempre um problema.

7. Que análise faz do mundo até agora?
Nada de novo, nada que não estejamos habituados no server PT, todos têm uma vontade desgraçada nesta altura mas daqui a 1 mês metade dos jogadores ja fez reset ou simplesmente deixam de jogar.

8. Qual foi a maior surpresa deste mundo a seu ver?
A maior surpresa para mim é a velocidade do mundo com o tempo de cerco de 24H. Como é costume prejudica os membros activos beneficiando os inativos mas por outro lado agrada-me pk é muito mais dificil de gerir as alianças que têm pesos mortos

10. Para terminar, quer deixar uma mensagem aos leitores?
Nada de particular, cada um é como é e joguem como se sentem melhor, todos temos feitios diferentes e por isso é que este jogo é tão envolvente, façam no jogo as loucuras que não podemos fazer na vida real pois isto é um mero jogo e do momento que as pessoas se divirtam vale tudo…


 

Entrevista realizada pelo jogador Academos14