Arquivo de etiquetas: Pepitas

MOPAY: paguei e não recebi…

Hoje em dia os micro-pagamentos, também conhecidos como pagamentos por SMS, são cada vez mais vulgares e por isso os problemas com esses pagamentos também estão incluídos na rotina quotidiana.

Na minha experiência existem 2 tipos de problemas frequentes que irei abordar neste artigo:

  • Quando o pagamento não é possível de ser realizado.
  • Quando o pagamento é realizado, mas não é entregue a compra.

Como distinguir os dois casos?

Poderia ser pela mensagem de retorno, mas muitas vezes as pessoas recebem uma mensagem a dizer que não foram cobrados e na realidade foram. Por isso é extremamente importante saber o saldo exacto antes de enviar a mensagem e comparar a mensagem.  Tão importante como saber o saldo antes e depois é não apagar as mensagens, enviadas e recebidas. Pois de nada ser dizer eu mandei a mensagem “SOL numeros” deve sempre saber quais os números e a mensagem exacta que recebeu.

 Quando o pagamento não é possível de ser realizado.

Como é lógico este caso é quando o saldo inicial é igual ao saldo final, e na generalidade recebe uma mensagem a dizer que o sua operadora ou o serviço não é suportado. Isto pode acontecer por dois motivos:

  • o seu numero não está inserido numa “lista positiva” que permite os micro-pagamentos. Foi publicada uma legislação que refere para se efectuar micro-pagamentos deve estar incluído numa lista positiva, independentemente se antes conseguia fazer pagamentos.
  • A segunda situação, e mais desagradável é que está a utilizar um tarifário “low-cost” tipo Vodafone-Directo, Rede4, phonix, … nestes casos são apenas oferecidos os serviços mínimos (chamadas e SMS “normais”), e provavelmente não irá conseguir desbloquear o serviço.

Em ambos os casos deverá contactar a sua operadora, e solicitar o desbloqueio. No caso da vodafone basta um envio de uma mensagem a dizer “SIM” para um numero de serviço. As restantes operadoras não sei.

Quando o pagamento é realizado, mas não é entregue a compra.

Aqui podem começar as complicações chatas…  Apesar de não ser fã da MOPAY, tenho que admitir que o processo de recuperação tem mais hipóteses de ser resolvido sem tantas chatices.

Então, o saldo final é inferior ao saldo inicial e não recebi nada. O primeiro passo é guardar e escrever num papel as mensagens, não vá o diabo tecer das suas. Uma vez isto feito vamos ao portal da MOPAY consultar o estado do pagamento, isto pode ser feito em:

https://my.mopay.com/mymopay/transactions.action

Será pedido dados de login, se é a sua primeira vez, deverá solicitar a sua inscrição no site através do envio de uma SMS – não se alarme, esta é mesmo grátis. Uma vez no portal tem acesso às suas transacções, e

(Método simplificado) …

  • procure o código da mensagem enviada, se não encontrar a mensagem irá ter de resolver pelo método complicado;
  • veja os detalhes da transacção e se está algum “Voucher”/Cheque presente associado, se não tiver irá ter de resolver pelo método complicado;
  • copie o voucher, vá ao portal (do jogo, ou da outra coisa que ia comprar) e inicie um novo processo de compra por sms.
  • no primeiro passo da compra, coloque o numero do pagamento falhado com o indicativo internacional, para Portugal é o 00351, o Brasil é o 0055, e clique nas letras pequenas por baixo “usar cheque presente”.
  • insira o voucher em letras maiúsculas e valide, aconselho a repetir os dois passos anteriores a este por cada voucher.
  • verifique se o código foi validado e no prazo de 30 minutos recebeu a compra, caso contrário…

…(Método semi-complicado) …

  • volte ao portal da MOPAY e volte a verificar o estado da transacção que falhou, se o voucher continuar lá sem ter sido alterado volte a tentar passado 1h utilizar o mesmo pelos passo descritos anteriormente.

… (Método complicado).

  • Caso o voucher estiver riscado, ou tiver uma indicação de redimido, ou simplesmente desaparecer, entre em contacto com o suporte do portal onde estava a tentar efectuar a compra, e também com o suporte da MOPAY (em 90% apenas este consegue resolver o problema), pode faze-lo em: http://en.mopay.com/contact-service/consumer/ (o suporte é feito em inglês, mas pode escrever no formato tarzan, “my phone: 91xxxx voucher XXXX no work”).
  • Se até aqui em uma semana (tempo recomendado) o caso não for resolvido, dirija-se à sua operadora com a mensagens e imprima o registo de transacções da MOPAY e exija o retorno do valor pago. Tenha em atenção que haverá resistência por parte da operadora em efectuar o credito, e infelizmente deverá bater com o pé.

Uma ultima consideração, compensa toda esta chatice por 2 euros e picos? Na realidade compensa, quando consideramos que por semana são centenas de casos destes e operadoras de micro-pagamentos cifram centenas de euros com estes erros em curtos espaços de tempo. Devido a ser uma transacção financeira os portais (jogos e outros) não tem acesso ao processo e ao real estado do caso.

Espero que o artigo traga alguma luz e solução a vários casos ainda por resolver.
Ricardo Vitoriano

 

Procuram-se repórteres!

Caros leitores e jogadores,

Estamos à procura de repórteres para o Tribos, The West, Grepolis e outros, desejamos em muito breve começar a publicar quinzenalmente artigos sobre as guerras nos diversos mundos do Tribos, The West e Grepolis!

Por cada artigo publicado será creditado na conta dos jogares:

Jogo/artigo Premium
Tribos / TribalWars 200 Pontos
The West 100 Pepitas
Grepolis 400 Ouro

De momento estas recompensas serão apenas artigos dos seguintes servidores:

  • http://www.tribos.com.pt/
  • http://www.the-west.com.pt/
  • http://pt.grepolis.com/

da mesma forma que serão apenas possíveis de entregar nos mesmo servidores. Contudo dependente de como correr a experiência poderá ser  expandido a outros servidores.

Regulamento:

Os interessados deverão enviar os seus textos e imagens por email para:

Jogo/artigo Premium
Tribos / TribalWars DS-BLOG[arroba]solutions.pt
The West TW-BLOG[arroba]solutions.pt
Grepolis GP-BLOG[arroba]solutions.pt

* [arroba] deve ser substituído por @

No assunto do email deverá vir sempre referido o nome do mundo a que se refere.

Ao enviarem os textos para estes e-mail estão a autorizar e ceder os direitos de autor para publicação dos mesmos textos. Ainda a equipa do Blog, reserva-se ao direito de fazer alterações aos textos.

A selecção dos textos é da inteira responsabilidade da equipa do Blog, iremos tentar publicar o maior numero de artigos possíveis que  estejam de acordo com o padrão de qualidade desejado.

O que consideramos um bom artigo:

  • deverá ser entre 1 a 2 paginas A4,
  • sem erros ortográficos,
  • deve ser isento e apresentar os vários pontos de vista,
  • se possível deverá incluir os brasões das tribos, gráficos de conquistas entre outros,
  • deverá sempre respeitar os jogadores,
  • entre outros aspectos.

Resta-me apenas desejar uma boa sorte a todos,
Ricardo Vitoriano, Gestor de Comunidades.
TRIBOS THE WEST –  GREPOLIS

Entrevista a Atomic7

Trago mais uma entrevista do West para vocês. Trata-se do primeiro jogador a atingir o nível 99, o Atomic7. Conhecido na comunidade, é um jogador activo, participando em diversos mundos. Espero que gostem!

.

Nome: João

Idade: 29

Profissão: Porteiro

Localidade: Suíça

Mundos em que joga: Mundos 2,3,4,5,6

.

Sudritter: Boa tarde, como tenho perguntado já anteriormente, como conheceu o The-West?

Atomic7: Por intermédio de um fórum de um jogo online.

.

Sudritter:Esta entrevista é feita principalmente por ter sido o primeiro do mundo 3 a chegar ao nível 99, como conseguiu chegar tão longe, mais rápido que os restantes?

Atomic7: Deveu-se a  inúmeros factores. As batalhas dos fortes são uma grande inovação que o jogo teve, permite ganhar muita experiência muito rapidamente. Contribui para o jogo (pepitas), o que acelera de alguma forma certos desenvolvimentos do nosso boneco e graças a fabulosa aliança RAW.

.

Sudritter: Ainda vamos falar da RAW um pouco mais tarde, Embora bem sucedido neste mundo, ainda joga em 4 outros dos nossos mundos portugueses, qual é aquele que mais o anima neste momento? Porque?

Atomic7: Sem duvida o mundo 3. A aliança onde estou está cada vez a dominar mais esse mundo contra o seu principal rival, FUW. Nesse mesmo mundo ainda estou a terminar aventuras (LVL 67 blargh) e estou a mudar as minhas skills para modo de duelo 😉

.

Sudritter: O que considera deste bloqueio final, pensa ser uma boa opção ou acha que existe uma outra forma de finalizar os mundos? Caso afirmativo, qual?

Atomic7: Pessoalmente penso ser uma boa opção. A minha vida não me permite estar online no The-West o dia todo e foi com grande satisfação que consegui chegar a nível 99 em primeiro.

Uma outra maneira de finalizar os mundos seria de acabar as aventuras disponíveis com o tal nível 99 e com a melhor classificação no rank de duelos em conjunto com a melhor cidade. Ai não haveria duvidas para o melhor do jogo, já que no salão da fama fica sempre gravado e será até agora um marco que os outros jogadores todos podem ver.

.

Sudritter: Diz então que chegar ao nível 99 lhe deu um certo “descanso”, no entanto continua a jogar, e a participar nas batalhas de forte (não pude deixar de reparar a referências às mesmas no seu perfil de jogo), considera então que chegar ao nível 99 não é um impeditivo a continuar a divertir-se no servidor?

Atomic7: Continuo a divertir-me com o jogo mesmo que não evolua em termos de experiência. Tenho muitos conhecimentos por causa deste tempo e não os vou deixar ficar mal só porque atingi uma marca pessoal. Tenho uma aliança para ajudar e um mundo para dominar.

.

Sudritter: Penso que já todos entendemos que para si a RAW é a melhor aliança do mundo 3, na sua opinião o que ditou o vosso sucesso?

Atomic7: Nesta altura do campeonato penso que foi a entreajuda entre todos. Posso referir nomes de pessoal que ta sempre a agitar a minha caixa de correio como o gibreelfarishta, Psi, Soulless, entre outros.
Estou também no mundo 2 e a FUW domina a seu belo prazer, no mundo 3 já não é bem assim 🙂

.

Sudritter: São estes os companheiros que lhe ajudaram a chegar onde chegou?

Atomic7: Foram estes os principais dinamizadores da aliança que por acaso até fazem parte do núcleo duro da minha cidade. Existe muitas pessoas na aliança que me ajudaram porque sabiam que eu estava no top de experiência. Quero salientar a importância da interacção dos membros da aliança através de chats como por exemplo do MSN.
Penso que essa opção para o jogo já esta em andamento e seria uma grande ajuda 😉

.

Sudritter: Falando doutro mundo, neste momento esta juntamente com o projecto DOMINATION no mundo 6, foi muito falado ultimamente pelo bom grupo de jogadores, e pelas atrocidades que vos assombraram, que expectativa tem do mesmo?

Atomic7: É o segundo mundo onde estou mais activo e sinceramente penso que vamos ser imparáveis 😛
Temos um belo grupo de jogadores, experientes, líderes e com actividade razoável em média 😀
Claro que o mundo ainda está no inicio e existem poucas alianças. Mas com o avançar do jogo, penso que poderemos ter 3 ou 4 cidades aliadas com o mesmo tipo de jogadores que formam a nossa. E ai sim, vamos dominar todos 🙂

.

Sudritter:E expectativas pessoais, embora longe do topo o mundo ainda está no inicio, luta pelo top20?

Atomic7:Não. Chegar a nível 99 no mundo 3 foi muito cansativo, foi à pouco tempo e espero agora contribuir com a minha experiência para que outros atinjam o top 3 pelo menos. Como é normal temos muitos bons jogadores neste mundo devido à sua experiência.
Mas já tenho alguns planos para o mundo 7 se chegar em boa altura 😀

.

Sudritter:🙂 Desejo boa sorte a todos os membros da cidade.
O The-West pode ser considerado um jogo envolto em mistérios, a igreja, as 3 chaves, missões secretas e uma constante inovação dão ao jogo inúmeras alternativas de jogo, tem curiosidade por algum destes pontos? Procura descobrir mistérios ou coleccionar itens famosos ou raros, ou joga de modo simples?

Atomic7:Vamos por partes. Igreja não me seduz. Na altura em que comecei a jogar e penso que até agora, dizia que dava bónus aos construtores, mais sorte em trabalhos, etc. Para mim igreja é como no mundo real, dizem muito mas vê-se pouco ou nada.
As 3 chaves.. hmm.. penso que devido a mudar as skills para duelo não vou chegar tão longe… Mas se quando estiver a pesquisar em outros lados vir que vale a pena vou mudar as minhas skills por completo para chegar a esse objectivo. Missões ‘secretas’ são por pouco tempo 😀 Vai sempre haver alguém que se descuida e depois se espalham por todos 😛
Itens famosos ou raros, gosto muito, nem que seja para exibir 😀
Neste momento jogo para acabar as aventuras todas e ajudar a aliança.

.

Sudritter: Sobre a questão da importância da igreja, com o conjunto de dorminhoco, foi de novo levantado à discussão a vantagem de rezar, já que o set favorece esse ponto, acredita que este set dará uma ajuda real?

Atomic7: Penso que o set de dorminhoco foi das melhores coisas que pensaram em trazer para o jogo. Faz sempre a diferença em termos de recuperação o que para um jogador que luta pelo topo de experiência ou um duelista que quer recuperar saúde da sempre um bónus em relação aos outros menos activos.

.

Sudritter: Mudaremos um pouco de tema, já disse que a sua vida nem sempre lhe disponibiliza tempo para o jogo, é difícil conciliar a vida pessoal e o jogo?

Atomic7:Foi difícil na minha situação, porque passava mais de 8h sem acesso ao jogo. Nada que o premium não resolve-se… mas é sempre diferente, estar a acompanhar o jogo de hora a hora para o caso de algum ataque que nos obriga se a ir dormir ao hotel para não ser desmaiado ou para algum trabalho que nos tira se muita saúde.
E depois temos sempre a vida pessoal que nos ocupa o resto do tempo restante (dormir e’ mentira :P)

.

Sudritter: lol 😛 No fórum alguns jogadores falaram a algum tempo na abertura dos velhos mundos, considera que tal é propício para os servidores?

Atomic7: Penso que se era positivo sim. Mundos mais antigos tem muito pessoal inactivo o que deixa esses mesmos mundos com vagas para pessoal novo entrar e se relacionar com amigos de outros mundos que já la estejam ou com outros jogadores onde podem fazer novas amizades e ter sempre o estimulo de os seguir sempre que abram outros mundos.

.

Sudritter:O que acha destas iniciativas, como as entrevistas e os artigos, para o melhoramento da comunidade?

Atomic7: Acho que são coisas que entretêm a comunidade. O pessoal pelo tópico vai sempre ler o que os que estão no topo tem a dizer e penso que é uma excelente iniciativa para quem quer animar um pouco mais o fórum.

.

Sudritter:Tem alguma sugestão para o melhoramento do jogo?

Atomic7: Sim, os tão falados chats no jogo.
Além disso poderia haver um menu novo de alianças idêntico aos que temos na cidade mas a englobar a aliança e onde esses mesmos membros não se podiam atacar

.

Sudritter:Hum, não se esqueça que as alianças não fazem parte da fisionomia de jogo

Atomic7: Mas evitava cidades que metem os nomes e não fazem parte da dita aliança, entre outras coisas, penso ser importante, já que as alianças são parte fundamental do jogo.

.

Sudritter:Continuando, já jogou um dos outros jogos da Innogames? Como o famoso Tribos ou o novo Grepolis?

Atomic7: Penso que não. No entanto joguei um muito semelhante ao tribos.

.

Sudritter:Já teve contacto com a nossa equipa de suporte? Como considera o trabalho efectuado pela mesma?

Atomic7: Já tive oportunidade de usar. Penso que têm de ser pessoas adultas que saibam separar o jogo das regras em alguns casos. São muito eficazes para o tempo que têm que imagino que é pouco.

.

Sudritter:Para terminar, tem alguma sugestão para a gerência dos mundos portugueses?

Atomic7: Penso que o nosso fórum não é tão visitado como podia ser. Temos muitos atractivos, desde discussões a ideias novas, analise de mundos, o belo do bar…. Penso que mandar uma mensagem in-game para o pessoal não custava nada e ganhava se clientes frescos porque o Doidão varre o pessoal todo 😀
De resto, o pessoal da gerência podia lançar desafios para apelar a participação dos membros com questionários e um respectivo salão da fama no fórum no qual se podia meter um ranking por actividade e resposta certa.
decerto que deste modo podia meter cada vez mais membros online do fórum.

.

Sudritter:Queria agradecer em nome de toda a equipa pelo tempo despendido para a entrevista, as entrevistas são sempre um bom método de conhecer a opinião dos jogadores, pessoalmente desejo-lhe sorte no jogo, principalmente no novo mundo 6.

.

Pessoalmente gostei bastante de trabalhar com o João, decerto que foi uma entrevista longa, mas bem disposta, mais ainda quando descobrimos que ja fomos quase vizinhos. Penso que abordamos algumas das questões mais fulcrais na actualidade do The – West português, principalmente da vida no nosso fórum, agradeço mais uma vez ao jogador, 😉

Sudritter

Comentários deverão ser feitos no seguinte tópico: http://forum.the-west.com.pt/showthread.php?t=17122