Arquivo de etiquetas: portas

W@tchman, a entrevista ao líder da tribo vencedora do Mundo 15

W@tchman, líder da V.T.@

Tribo vencedora:VAI TUDO @BAIXO! (V.T.@)
Líder: W@tchman
Nome verdadeiro: Pedro Toste
Idade: 39
Localidade: Lisboa


shanan: 
Olá W@tchman!

Antes de mais queríamos agradecer o facto de ter aceitado o nosso convite para esta entrevista e felicitá-lo a si e à sua tribo pela vossa vitória no Mundo 15. Na impossibilidade de contactar o fundador da tribo V.T.@, contactamo-lo a si como representante de toda a liderança da tribo.

W@tchman: Isto é a minha 1.ª vez, por isso peço que seja um pouco tolerante, lol.


shanan: Qual a história da V.T.@? Quais as suas raízes e percurso?

W@tchman: O Mundo 15 era muito rápido (velocidade 2) e as aldeias bárbaras cresciam a uma velocidade enorme, até aos 3.000 pontos e sem bónus noturno. De facto, quem se aplica desde o início começa a ter grandes resultados no seu jogo. Pertenci à tribo FOW, liderada já pelo jogador Shaubarack, mais um conjunto de players que acompanhavam o Shaubarack desde o Mundo 11 – e que naquela altura já lideravam o Mundo 11 -, mas aquele núcleo de jogadores não tinha tempo para jogar num mundo muito rápido como o Mundo 15.

Pelo Mundo 15 passaram grandes players e tribos fortíssimas que ainda tinham muito para dar ao longo dos anos. Mas desde o início que se destacou, pela grande capacidade, o número 1, o jogador Bald3ant3, de Santarém, que liderou vários meses a pontuação individual neste mundo até ao seu bloqueio. Na altura a tribo @ foi fundada por um player da margem que tinha saído da FOW, chateado com a forma de jogar de alguns miúdos e jovens. O jogador toste foi atrás dele, mais o Bald3ant3, e começou a recrutar os melhores do k44 e do k45. Quando a tribo Scr3am, liderada pelo meu amigo jogador KingCharles e o jogador jpintassilgo, foi dissolvida, o toste recrutou os melhores players do k44, como o dragao0069, V.D.F, stoneR., ze do cano, Portas Minas, papao xmen, …, vários jogadores que na altura estavam a dar cartas pelo k44. O Bald3ant3 recrutava e era o responsável pelo k45, depois do Bald3ant3 ser bloqueado o k45 caiu para outras tribos e passamos a trabalhar apenas num continente, no k44. Estavam lá os melhores dos melhores.

A V.T.@ apareceu por causa de uma desavença entre o toste e o dragao0069, por uma aldeia de um inativo que tinha desistido de jogar. Foi fundada pelo dragao0069 a 29 de junho de 2010. Alguns jogadores acompanharam o dragao0069 e os restantes permaneceram ao lado do toste.

Bem, alguns pontos chave na história do k44: O famoso e mega coordenado à tribo +DW-, que fez dissolver a tribo; a família IT no k44 e no k43; a conquista do k45; a formação da tribo =NEW= por parte do Bald3ant3, onde o Bald3ant3 levou um coordenado com mais de 9.000 ataques e onde perdeu tudo; a invasão do k55 pelo stoneR. e pelo jogador MasterRB; a eliminação do jogador martinha123 do k55; a fusão com a tribo DRINK!, do toste com os jogadores Pedroalmeida90, mrssilva e o XiNeS, no k54; a fusão do papao xmen da V.T.@ com o jogador bad player da tribo 666; e a fusão da @ com a V.T.@, em setembro de 2010, e passou a designar-se a famosa V.T.@. Acho que estes são vários episódios deste Mundo 15.

A vitória deste mundo se deve às amizades que foram criadas no jogo e nos almoços e jantares de convívio em Albergaria-a-Velha, Alcântara, Odivelas.


shanan: Considera o nome VAI TUDO @BAIXO adequado à tribo? Se sim, porquê?

W@tchman: Sim, claro. De facto, foi o nome certo para este mundo. Para conquistar um mundo tem mesmo que se mandar todos os inimigos abaixo e conquistar-lhes as aldeias todas e foi o que aconteceu.


shanan: Como e quando se tornou líder da VAI TUDO @BAIXO?

W@tchman: Eu liderava a @ e a minha forma de estar, maneira de ser – a que eu chamo de “equilíbrio” – na conquista e na criação de frentes de ataques, sempre foi uma das minhas melhores qualidades, na leitura estratégica dos mapas. Com a minha entrada na V.T.@, quem tomou as rédeas da liderança fui eu e o papao xmen, passando a ter a voz de comando na resolução de incidentes que surgem no dia a dia do jogo.


shanan: Qual a sua primeira reação quando soube que a tribo que liderava tinha ganho o Mundo 15?

W@tchman: Fiquei orgulhoso de todo o trabalho que envolveu aquela conquista do grupo de amigos que eu criei, a experiência que ganhei, e nunca julguei que fosse possível, porque, a partir de certa altura, quando deixa de haver tribos inimigas fortes passamos a ter um problema interno de abandonos e de inativos. É a maior dificuldade que se pode ter, senão vira tudo bárbaro.


shanan: Qual o seu percurso no “Tribos”? Este foi o 1.º mundo onde jogou? Onde e com quem aprendeu a jogar?

W@tchman: Bem, ainda tenho pouco tempo de “Tribos”. Iniciei-me em 2009, por volta de abril, no Mundo 8; passei um pouco pelo Mundo 7, na KIA, e iniciei o meu jogo com este nick no dia 13 de fevereiro de 2010, um dia depois da abertura deste Mundo 15. Aprendi com o meu irmão, toste, “A Lenda”, lol.


shanan: Qual era o seu objetivo para o Mundo 15?

W@tchman: O meu objetivo pessoal era sempre liderar o OD Atacante. Nunca trabalhei para os pontos. Sempre foram as tropas. Sempre trabalhar em equipa.


shanan: Quando começou a jogar no Mundo 15, começou sozinho ou este projeto já estava delineado?

W@tchman: Não, apenas sozinho… eu e todos os outros.


shanan: A V.T.@ foi criada no dia 30 de junho de 2010 e após 528 dias sagrou-se vencedora do Mundo 15, um mundo que durou apenas 666 dias. Como foi ser líder da tribo mais rápida a vencer um mundo?

W@tchman: Foi um trabalho fantástico e que devo a todos os jogadores amigos e também aos inimigos. Aqueles players todos profissionais…

Foi dos mundos mais profissionais que passaram pelo server PT e agradeço à administração pela coragem que teve para implementar um mundo com estas características únicas.


shanan: Apesar do Mundo 15 ter sido um mundo com uma duração rápida, várias guerras foram travadas. Qual foi, na sua opinião, a guerra que mais o marcou e que colocou mais em prova a união da V.T.@? Qual foi o inimigo mais difícil de vencer?

W@tchman: A +DW-, a =NEW= do Bald3ant3 e a invasão do k55 – foi muito difícil, era o coração da tribo NceN, dos jogadores novaoeiras, ***Nevoeiro*** e doublechesse. Depois de virarmos a sul foi sempre a conquistar.

O inimigo mais difícil de vencer foi a NceN, estavam bem estruturados e com a frente de ataque bem defendida.


shanan: Como foi gerir a V.T.@? Houve conflitos internos? As questões diplomáticas foram sempre consensuais?

W@tchman: Uma tribo como a V.T.@ tinha um núcleo bem definido de jogadores que se conheciam pessoalmente dos famosos jantares das quintas-feiras, em Odivelas, na GRUTA, e era ali que era tudo definido e resolvido. Havia outros núcleos com força dentro da V.T.@, pessoal que tinha pertencido à DRINK! e a famosa 666 (fetei, aqui vai um grande abraço para o meu amigo fetei). Os problemas eram sempre debatidos pela gestão da liderança, todos eles opinavam e chegava-se sempre a um consenso.


shanan: A atividade de um líder de uma tribo é muito importante. Como conciliava a sua vida particular com o jogo?

W@tchman: Muito difícil. Normalmente o jogador começa a dormir no sofá para evitar aborrecimentos maiores, mas deve-se ter sempre em mente o equilíbrio entre todos. Mas o V.D.F teve a vida mais difícil do que eu.


shanan: Acha que o “Tribos” influenciou a sua vida? Se sim, como?

W@tchman: Sim, com certeza e em tudo. Tenho um grupo de amigos fortíssimo e mesmo depois do mundo terminar ainda nos encontramos em Odivelas.


shanan: Além do “Tribos”, como ocupa os seus tempos livres?

W@tchman: Tenho pouco tempo para isso, mas apenas a tratar da família.


shanan: Agora que o Mundo 15 acabou, já sente saudades?

W@tchman: Já estou noutro mundo e continuamos com os amigos todos próximos de uma chamada telefónica. É mesmo ao lado.

Ainda ontem fomos ao restaurante fazer as reservas para o maior evento de 2012 do “Tribos” [Aniversário do “Tribos”] – o Mundo 15 vai estar presente.


shanan: Será que vamos encontrar a V.T.@ num outro mundo? Se sim, já se sabe em qual? E o nome da tribo manter-se-á o mesmo, ou será que “V.T.@ só à uma, a do Mundo 15 e mais nenhuma”?

W@tchman: Bem, em relação a isso, o grupo de players vai-se encontrar de certeza absoluta, agora o nome já não concordo, porque apenas uma tribo ganha um mundo e nunca dois mundos ao mesmo tempo. Desde que @ se manteve a liderar o mundo durante meses no Mundo 15, é sempre massacrada nos novos mundos, porque o receio é tanto… Assim se passa o mesmo com a 666, serão sempre massacrados no início dos mundos, para evitar o crescimento da tribo. A maior parte deste grupo continua a jogar noutros mundos, desde o Mundo 20, o Mundo 21, Mundo 22, Mundo 23 e Mundo 24. A V.T.@ esta toda distribuída por estes mundos e alguns deles TOP na pontuação ou mesmo a liderar as tabelas de OD Atacantes na composição das tribos.


shanan: Se pudesse escolher as configurações do próximo mundo em que a V.T.@ (ou o jogador) fosse participar quais seriam? 

W@tchman: Sem bónus nocturno, gosto da igreja, habituei-me a esse grau de dificuldade. Velocidade 2 e que os nobres já se possam deslocar à velocidade das 108 horas, como nos mundos mais recentes.


shanan: Que conselhos deixaria aos jogadores que agora se iniciam no “Tribos”?

W@tchman: Que é um jogo importante e que a aprendizagem é contínua, mas muito exigente, e com as pessoas certas ao lado vão conseguir também chegar lá. Apenas ainda alguns conseguiram atingir essa meta, mas está ao alcance de todos os players.

No início do mundo é ele que decide que tipo de jogador quer ser e até onde pode chegar.


shanan: Que mensagem gostaria de deixar aos seus companheiros e colegas de tribo?

W@tchman: AFINAL VALE A PENA E VEIO TUDO @BAIXO. VALEU!


shanan: Gostaria de deixar alguma mensagem final aos nossos leitores?

W@tchman: A conquista de um mundo não é para todos, é só para alguns, mas que está ao alcance de todos.

Determinação, raça e muita guerra! lol.


shanan: Que pergunta gostaria de fazer ao próximo líder da próxima tribo vencedora?

W@tchman: Se valeu a pena e se lhe deu gozo chegar até ao fim.


shanan:
Bem, dou a entrevista por terminada. Muito obrigada pelo tempo disponibilizado.

W@tchman: Obrigado eu.


(A solutions.pt procura o brasão da tribo V.T.@.)